40

Paixão ao luar ParteII

Possuída por um turbilhão de sensações, Any não conseguiu reagir durante alguns minutos.

A sua vontade era fugir o mais rápido possível, daquilo que ela sabia ser um perigo(...)
para si, mas o seu lado mais impulsivo e imprudente, fê-la ficar, saborear e viver o doce mistério daquela aventura.
Deixou-se arrastar para o mar de sensações e  desejos que o seu corpo destilava, fechou os olhos, e deu-se numa entrega total.
Os momentos que se seguiram, foram um misto de desejos, explosão, loucura e mistério.
Any não tinha consciência de quanto tempo tinha passado, desde o momento em que ele se tinha aproximado dela, mas o voltar à realidade deu-lhe a certeza de que nunca se iria arrepender.
Naquele momento teve a certeza que tinha sido desejada e muito amada.O seu corpo estava saciado, os seus mais profundos desejos tinham sido satisfeitos na plenitude.
Preguiçosa e indolentemente, com um sorriso nos lábios, estendeu a mão na procura do ser que tamanha felicidade lhe tinha proporcionado. Contudo, o lugar a seu lado estava vazio e frio, como se nunca ali tivesse estado ninguém.
Reprimindo um gesto de desilusão, levamtou-se, vestiu o robe sobre o seu corpo nu, e dirigiu-se para a janela abrindo-a.
Uma maravilhosa e perfumada madrugada, veio dar-lhe os bons dias, ao mesmo tempo que depositava um suave beijo no seu rosto cansado.
Baralhada e confusa, indagou-se se tudo não teria passado de um sonho, fruto da sua mente fervilhante.
Mas não, bastava sentir o cansaço do seu corpo, e os músculos doridos para saber que tinha mesmo acontecido.
Apesar de tudo, pensou, não conseguia estar triste, pois tinha sido uma longa e maravilhosa noite de amor...
(continua)
anacosta


40 comentários:

  1. Muito belo minha querida, muito inspirador...beijos minha linda amiga!

    ResponderEliminar
  2. Bonito poema!!
    Obrigada pela sua visita e comentário. Espero vê-la mais vezes por lá.
    Gostei do seu blog e estou seguindo.
    Retribui??

    Bjinhoss XD

    ResponderEliminar
  3. Boa noite.
    Quanta vezes não conseguimos fugir...

    Tenha um lindo fim de semana.

    Um grande abraço.
    Maria Auxiliadora (Amapola)

    ResponderEliminar
  4. Ana, um toque perfeito de sintonia… Beijo grande!!!!

    ResponderEliminar
  5. Que lindo o texto, as vezes a gente se sente assim diante do amor. Adorei.Beijos e ótimo começo de semana.
    Smareis

    ResponderEliminar
  6. Ana

    Mesmo que seja por um minuto, por uma hora ou por uma noite, a lembrança da entrega ao amor é a prova de que amámos.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  7. Obrigada amigas: Luar,Smareis,., Amapola, Simone butterfly, Simone Poesias.
    Agradeço todo o vosso carinho e atençao.
    Um beijão grande para todas vocês

    ResponderEliminar
  8. Bela e inspiradora postagem. Parabéns!
    Obrigado Ana. Pelo gentil comentário lá no Blog.

    Um abração e boa semana.

    ResponderEliminar
  9. Passando para ler vc Ana e desejar uma semana abençoada e feliz!

    ResponderEliminar
  10. Beijos minha linda amiga! abençoada semana para ti!

    ResponderEliminar
  11. OBRIGADA PELA VISITA LÁ NO MEU "CANTINHO".
    AMEI ESSE SEU ESPAÇO. VIREI MAIS VEZES!!!
    QUE SUA ALMA SEJA ETERNAMENTE COLORIDA E PERFUMADA PORQUE...
    "Primavera não é uma simples estação de flores, é muito mais, é um colorido da alma." ( Jaak Bosmans )
    BEIJOS

    ResponderEliminar
  12. Ana,

    Gostei muito da narrativa! Criatividade e talento não te faltam neste estilo de escrita. Na verdade, despertas emoções...

    Beijos,
    AL

    ResponderEliminar
  13. Saciada, preguiçosa e indolente, vai ficar triste como? [sorrio] Any, Any, Any, ruhm... Boa semana pra você também, sem funkeiras no seu pc e com bons sonhos todas as noites! Beijo!

    ResponderEliminar
  14. @Antonio Pereira (Apon)
    Obrigada António, fico contente que tenha gostado.
    Um abraço também para você

    ResponderEliminar
  15. @Juju Porcino Loureiro
    Obrigada pelo seu carinho Juju, fico contente que tenha gostado,eu também vou passar sempre pra deixar o meu "Oi"
    Beijo

    ResponderEliminar
  16. @Jeferson Cardoso
    É, não é Jeferson?! Tem gente difícil de contentar!...
    Beijo para você também

    ResponderEliminar
  17. @A.S.
    Obrigada pelo seu carinho A.S.
    É sempre um incentivo muito grande quando alguem gosta do nosso trabalho.
    Beijo

    ResponderEliminar
  18. Tão bom esse turbilhoes de sensaçoes ao olhar da lua,,,tao gostoso momento de plenitude de amor...grande beijo de boa noite pra ti...

    www.olivrodosdiasdois.blogspot.com

    ResponderEliminar
  19. Olá minha querida amiga !!

    Que texto delicioso ! Me senti envolvida ao relembrar momentos onde escolhi fazer esta entrega, mesmo sabendo que poderia não ser a melhor escolha, mas a sensação que fica de plenitude e satisfação, leva embora qualquer arrependimento e nos faz ver que valeu a pena :)

    Um beijãoooo e bom restinho de semana !

    ResponderEliminar
  20. Gostei divinamente de seu relato. Beijos grande!
    Smareis

    ResponderEliminar
  21. Ana Costa

    Um texto que é um pedaço de Vida, um Poema sem rimas...

    Beijo

    SOL

    ResponderEliminar
  22. Um belo dia pra ti minha amiga, repleto de paz, carinho e muita poesia...beijos e beijos.

    ResponderEliminar
  23. Querida Ana Costa, venho aqui agradecer tua visita ao meu modesto espaço. Gostei muito do teu blog, gostei demais dessa lua a induzir sonhos encantados. Acho a noite e os sonhos entes mágicos. Kafka, o grande escritor polonês, disse, que além da literatura não há salvação, então, pegando o gancho, direi: além dos sonhos não existe salvação, ou seja, os sonhos alicerçam o desejo de viver.
    Ah, ia esquecendo; gostei bastante do teu conto. Alguma coisa nele lembra o trabalho do Caio Fernando de Abreu, escritor que eu amo.
    Eu também escrevo contos, esporadicamente, mas, via de regra os guardo na gaveta. Escrevi um , faz muitos anos, onde a ação ocorre num sonho erótico. Talvez, qualquer dia, eu o publique no meu blog.
    Ana, te sigo. Sempre que sobrar um tempinho, virei aqui te ver e te ler. Quando quiseres e puderes, vá à minha página, pois meu blog pertence aos amigos.
    Um abraço fraterno. Tenhas um lindo dia.

    ResponderEliminar
  24. @Everson Russo
    Minha grande e fiel companheira: a Lua, através dela eu consigo libertar-me de todas as más energias, consigo ficar em paz...
    Meus companheiros fieis da noite: Uma luazona muito grande e brilhante e um cigarro...
    Beijo Everson resto de boa semana

    ResponderEliminar
  25. @Samanta Sammy
    Sam minha amiga, quando estamos na busca da concretização da nossa felicidade não devem haver barreiras que nos impeçam de a alcançar, e mesmo que elas existam temos mais é que dar o salto e ir em busca dela
    Se você teve essa coragem só tem que se orgulhar.
    Vale mais um minuto de felicidade que uma vida frustada

    Beijo lindo para você minha amiga

    ResponderEliminar
  26. Passei para lhe dar um abraço, e lhe agradecer a atenção e carinho.

    Que Deus ilumine todos os seus projetos.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  27. @Dilmar Gomes
    Oi Dilmar, suas palavras aqueceram o meu coração! Muito obrigada.
    Irei sem ser um esforço, será com grande prazer, visitar (sempre que haja novidades) o seu blog.
    Agora, não deixe os seus trabalhos fexados na gaveta, mostre-nos!
    Um abraço

    ResponderEliminar
  28. @SOL da Esteva
    A vida é isso: pedacinhos que nós pacientemente vamos juntando.
    Uns ficam bem coladinhos e eternizam-se, outros não tanto, e quebram...
    Beijo

    ResponderEliminar
  29. Belo conto, vc tem o dom da narrativa.

    bjs

    ResponderEliminar
  30. querida amiga vi voce em meu blog vim agradecer e retribuir seu carinho seja sempre bem vinda tenha uma linda semana de sol de luz amor e paz bjs marlene

    ResponderEliminar
  31. Olá Ana!

    Sua narrativa cativa o leitor. Muito bom. Parabéns!

    Um abração.

    ResponderEliminar
  32. @Antonio Pereira (Apon)
    Olá António, fico muito contente que tenha gostado! Obrigada.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  33. @J Araújo
    Olá J Araújo peço desculpa pela demora na resposta.
    Muito obrigada pelas suas palavras.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  34. Que belo,Ana. Já a sigo também,querida.Seu blog está na minha lista para visitar sempre.

    Obrigada pela visita,volte sempre,comente e recomende.

    Ficaria feliz em publicar um texto seu.Basta me enviar por email (tem no meu blog) e o farei com todos os direitos de autoria.

    Beijos e ótima quinta


    Adriana (Dryka)

    www.suasenossas.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  35. É muito difícil fugir dos sentimentos enraizados no coração.
    Nessas horas, o ceder sempre vence.

    Abração e linda semana.

    ResponderEliminar
  36. Ela deixou seus desejos mais primitivos tomarem conta e não se arrependeu... intrigante essa história... vou ver a continuação, hehehe!

    ResponderEliminar
  37. Boa tarde Ana!!!!Que conto lindo de amor!!Através de seu conto,fui viajando.Conto que envolvem corações e emoções.Continue a nos encher olhos e o coração com seus lindos contos.
    Beijos com carinho!!!

    ResponderEliminar
  38. Que lindo Ana!
    Quanta paixão!
    Adorei amiga querida, beijinhos no coração.

    ResponderEliminar
  39. A beleza da paixão vivida intensamente e narrada com muita inspiração.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  40. Também pensei que poderia ter sido apenas sonho. Mas a sensação de prazer que ficou indica que valeu a pena. Bjs.

    ResponderEliminar

Obrigada por deixar o seu comentário, pois isso só veio enriquecer este espaço