45

Não perguntes quem sou

Não me perguntes quem sou, porque não sei.
Não me perguntes para onde vou  nem de onde venho,
Porque não quero saber.(...)

Pergunta ao vento de onde vem,
E ele responde-te que é livre, não tem destino.
Pergunta às marés, no seu constante vai e vem,
Às tempestades,
Ao falcão que na sua imponente rapidez,
Vai cruzando os ceus.
Ao olho da águia, que lá do alto tudo vê.
Mas a mim, não perguntes,
Porque eu já soube mas esqueci.
Anacosta




45 comentários:

  1. Olá, Ana Costa!

    Obrigado pela visita; fico contente que tenha gostado do que lá encontrou, e pelas simpáticas palavras deixadas.
    E agora que aqui cheguei, fica a promessa de cá voltar-com todo o gosto.

    Lindo poema,este. Vagabundo, bonito hino à liberdade que nem sempre é possível viver...

    Um abraço
    Vitor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Vitor, obrigada tambem pela visita.
      Os blogs também passam por ter esse objectivo: conhecer novas pessoas, e quando quem conhecemos tem um bom trabalho exposto temos prazer em visitá-lo. Foi o que aconteceu comigo aquando da visita ao seu espaço.
      Vou continuar por lá...
      abraço

      Eliminar
  2. Passamos a vida inteira sem ter uma resposta para esse questionamento. Nas rodas da vida, mudamos os traçados, frequentemente.

    (Obrigada pelos cumprimentos e pela gentileza das palavras.)

    Bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitas vezes essa mudança é mesmo necessária...
      Obrigada Marilene
      bj

      Eliminar
  3. Olá Ana,
    "Tropecei" neste blog, bisbilhotei e gostei do que vi.

    Perguntei ao vento quem eras, mas respondeu-me que se esqueceu. À Águia não perguntei....venho eu descobrir.

    Beijinho
    (Se permitires vou seguir o teu blog)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá JP ainda bem que tropeças-te por aqui!!!
      Fico contente quando isso acontece...
      Só espero que permaneças...
      Bj

      Eliminar
  4. Amiga Ana,
    Para além da sua grande generosidade, a sua sensibilidade é de uma nobreza que arrepia. Foi isso que senti al lê-la. Talvez, quem sabe, não nos lemberemos de onde estivemos...
    ...mas as alturas fascinam-me.E os voos são só sonhos!
    "..e não me perguntes quem sou...!" Lindo!
    O meu abraço sincero

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. És concerteza alguem muito simpático!
      Obrigada pelas tuas palavras.
      É bom quando alguem gosta daquilo que produzimos
      abraço

      Eliminar
  5. Oi querida amiga,
    Que bom ,amei sua visita,
    Também estar aqui no seu espaço é maravilhoso
    e ler este poema então....
    Amiga um final de tarde bem florido pra você
    beijos de luz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada minha querida, faço questão de tornar as minhas visitas sempre obrigatórias no teu espaço...
      bj

      Eliminar
  6. Afinal, pouco importa donde ou para onde vamos.
    Quem somos, às vezes, nem nós próprios sabemos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso aí Manuel, a nossa procura é constante e a resposta muitas vezes não chega...
      abraço

      Eliminar
  7. Que linda reflexão.
    O bom mesmo da vida é ir descobrindo um pouco de nós no dia a dia e ir consertando o que é possível consertar e o que não é, deixar para trás tirando apenas o bom senso de não repetir jamais...amei.
    Muito obrigada por seu carinho em meu aniversário, beijinhos Ana querida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade de vez em quando devemos fazer essa auto-análise como se se trata-se de uma reciclagem...
      bj amiga

      Eliminar
  8. Olá Ana,
    Julguei que tinha comentado este post. Pelos vistos não ou foi para Spam.

    Mas seguidor já sou....não fiz tudo errado:)

    Beijinho
    (Não vou dizer nada agora com medo de dizer outra coisa diferente da que disse)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tem problema fica para a próxima costuma dizer-se que o conta é a intenção...
      Um beijo

      Eliminar
  9. Lindo, amiga!
    Mil beijos e obrigada por estar sempre presente lá no meu bloguinho. ^^
    beijos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu é que agradeço o teu carinho constante amiga e visitar-te é sempre uma grande alegria!!!
      Bj

      Eliminar
  10. Olá, Ana!

    Como está?
    Não tinha ainda lido nem comentado este pensamento, este reflexivo texto, mas vale a pena fazê-lo.
    Cada um de nós, é aquilo que é. Por vezes, queremos sair de nós próprios, por este ou aquele motivo.
    Queremos ser vento, chuva, granizo, tempestade, mas também SOL.

    Beijo da Luz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é Luz, formulamos perguntas, levantamos questões...
      Tudo isso pela busca do conhecimento, talvez para uma a mudança...
      bj

      Eliminar

  11. Olá Ana,

    Muito lindo.
    Creio que passamos a vida inteira nos questionando a respeito do nosso SER. Um incógnita, em constante processo de descoberta.

    Ótimo final de semana.

    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Vera, a procura é constante mas em muitos casos não sei se queremos mesmo saber...
      Beijinho e obrigada pela visita

      Eliminar
  12. Oi ana, ótimo post, muito bom.
    Ah amiga, tenho um blog infantil, se quiser seguir ficarei muito grata.
    http://cantinho-dos-baixinhos.blogspot.com.br/
    Tenha uma ótima semana, beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi amiga!
      Será um imenso prazer seguir o cantinho da pequenada!!!
      bj

      Eliminar
  13. Ainda falta muito para sabermos quem realmente somos, por enquanto somos somente áquilo que vivenciamos á cada dia, seja de bom ou ruim.
    Bom fim de semana Ana, beijos no coração!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Isa essa é realmente uma grande verdade, o nosso eu está em constante construção, temos que o melhorar a cada dia que passa....
      bj

      Eliminar
  14. Eu não estava procurando a Ana, mas a encontrei. Certamente, foram os ventos que me trouxeram até aqui para deliciar-me com mesagens encantadoras.
    Se me perguntar quem sou eu, eu digo que sou um sonhador em busca do conhecimento de mim mesmo, a fim de encontrar a liberdade de ser eu mesmo em qualquer lugar ou circunstâncias...
    Que bom ter estacionado, aqui, para um repouso salutar da minha mente inquieta.
    Até...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então que os ventos e todas as forças da natureza o conservem por aqui, pois nisso farei muito gosto!!!
      abraço

      Eliminar
  15. Lindo e sentido. Quem somos e para onde vamos, são perguntas tantas vezes sem resposta.
    Bom domingo minha amiga
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maria
      Obrigada pelas tuas palavras, fico contente que gostes
      Beijo grande

      Eliminar
  16. Boa tarde amiga, Ana Costa
    Há muito tempo não te visitava
    Se de visitas toda a gente gosta
    Mas, aqui não te encontrava!

    Agora te encontrei
    Não sei por onde tem andado
    Perguntas não farei
    Posso ser mal interpretado!

    Para você eu desejo
    De terça-feira, um lindo dia
    Receba um abraço e um beijo
    Para você muita paz e alegria!

    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. edumanes amigo realmente tenho estado um pouco em falta para contigo mas prometo que esse é um problema que vou remediar de imediato fazendo uma visita ao teu espaço...
      Um abraço

      Eliminar
  17. Fiquei com muito boa impressão do teu blogue.
    Porque gostei do que li e do layout.
    Obrigado pela tua visita, Ana Costa. Voltarei para te ler com mais calma e especificamente o que escreves em cada post que vás publicando. Mas também penso dar uma vista de olhos aos posts mais antigos.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essas são palavras que me deixam cheia de alegria!
      Vou esperar que assim seja e que continues gostando daquilo que vás lendo
      bj

      Eliminar
  18. Há respostas que não se têm ou que se se têm, não se encontram por palavras...

    Gostei muito do seu post e do seu blog também!

    Agradeço a sua visita aos meus Instântaneos, está convidada a voltar sempre que quiser!

    Beijos

    ResponderEliminar
  19. Irei sempre e com muito gosto Isa pois a qualidade daquilo que vi a isso me "obriga"!!!
    Obrigada tanbém pela visita e pelas palavras.
    bj

    ResponderEliminar
  20. Oi adorei seu blog sou sua nova seguidora !!!você podia me seguir de volta!! eu tenho um blog de moda todos os dias eu coloco um look diferente é divertido espero que vc goste obigada...eu ja te sigo

    Bjus
    http://fashionbloggerandreiajakeline.blogspot.com.es

    ResponderEliminar
  21. Olá Ana; Bela reflexão...Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  22. Very cool blog. Interesting posts. ;)
    Nice atmosphere guests with you here on the blog. ;]
    Yours. Have a nice day. !

    Follow me on facebook fanpage
    I'm very concerned about this, please. :)
    https://www.facebook.com/pages/In-another-light/413836138693856

    ResponderEliminar
  23. Que lindo Ana! Amei as palavras, me fizeram refletir.
    As vezes é melhor não nos conhecermos profundamente.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  24. Profundo Ana...belíssimas palavras...
    Beijocas
    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  25. Minha querida

    Por vezes passamos a vida a tentar encontrar o nosso eu mais profundo e talvez nunca consigamos saber exactamente quem somos, a vida e as circunstâncias nos fazem mudar tantas vazes.
    Adorei como sempre ler as tuas reflexões.


    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderEliminar
  26. Olá.
    Adorei passar por aqui e conhecer seu cantinho.
    seu blog é muito bom, parabéns.
    Sempre que possível estarei passando pra ver as novidades.
    Até mais

    ResponderEliminar
  27. Temos que sempre procurar a resposta nessa vida, pois as vezes perguntas não tem respostas, Ana te desejo um bom final de semana, beijos.
    http://www.lucimarestreladamanha.blogspot.com
    http://www.lucimarvirtual.blogspot.com

    ResponderEliminar
  28. Olá Ana, quem sou? pergunto a mim mesmo tantas vezes. Lindo o teu poema que adorei. Beijos com carinho

    AQUI E AGORA PARA TI.

    Quem somos? Nada interessa
    Pois tenho a igual certeza
    Que somos o que começa
    E acaba na natureza.

    Do meu poema QUEM SOU?

    Sou ave que em viagem
    Percorre o entardecer
    Ou talvez uma miragem
    Na aridez do meu ser.

    ResponderEliminar

Obrigada por deixar o seu comentário, pois isso só veio enriquecer este espaço