0
Pintei uma rosa de negro
E negro o meu coração ficou
Tentei mudar a sua cor
Mas a rosa não gostou
E soltando um longo suspiro
A triste rosa murchou
Das pétalas saíram gotas
De um vermelho rubro ardente
Juntei-as a todas num cálice
E dele, bebi lentamente…
anacosta

https://www.facebook.com/poesiananoite


0 comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por deixar o seu comentário, pois isso só veio enriquecer este espaço